Corrida

Título mundial de Fórmula 1 em discussão no GP da Arábia Saudita

Título mundial de Fórmula 1 em discussão no GP da Arábia Saudita

Max Verstappen (Red Bull) pode sagrar-se pela primeira vez campeão, na estreia do Grande Prémio saudita, enquanto Lewis Hamilton (Mercedes) ainda procura tornar-se o mais titulado de sempre.

Verstappen, de 24 anos, chega à 21.ª e penúltima prova do Mundial com 351,5 pontos, mais oito do que Hamilton, que, aos 36 anos soma sete títulos mundiais, incluindo os quatro últimos. O piloto da Red Bull precisa de terminar num dos dois primeiros lugares para não ver, forçosamente, adiada a atribuição do título para a última corrida, marcada para 12 de dezembro, em Abu Dhabi.

O título fica decidido a favor do neerlandês se vencer e conseguir a volta mais rápida no novo traçado árabe, em Jeddah, desde que Hamilton não termine acima do sexto lugar, ou, mesmo sem o ponto pela volta mais rápida, se vencer e Hamilton ficar em sétimo ou abaixo. O segundo lugar pode também valer o ceptro a Verstappen, se for segundo com a volta mais rápida e Hamilton não conseguir melhor do que o 10.º posto.

Hamilton procura impedir o sucesso de Verstappen, aspirando ainda ao oitavo título, o quinto consecutivo, para se destacar na hierarquia de pilotos com mais títulos de sempre (para já, soma os mesmos sete do alemão Michael Schumacher). Para chegar ao comando do Mundial neste fim-de-semana, o britânico tem de vencer e esperar que Verstappen não faça melhor do que o terceiro lugar.

O Grande Prémio da Arábia Saudita tem os primeiros treinos livres marcados para esta sexta-feira, estando a corrida marcada para domingo, às 17.30 horas de Portugal Continental.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG