Carlos Carvalhal

"Se nos derem um terço do mediatismo, já estamos a falar que faltam dois. Até lá é só retórica"

"Se nos derem um terço do mediatismo, já estamos a falar que faltam dois. Até lá é só retórica"

Carlos Carvalhal, técnico do Braga, considerou o triunfo sobre o AEK com números ajustados à realidade, mas não quer mais responsabilidades para equipa que só investiu "100 mil euros".

O lider técnico dos minhotos deu os parabéns aos jogadores pelo triunfo expressivo diante do AEK. "Fizemos um jogo muito bem conseguido. Conseguimos chegar ao 2-0 e explorámos a debilidade do adversário. Marcámos quatro golos, temos 12 na UEFA e não numa distrital de Braga", sublinhou o responsável no final do embate desta quinta-feira, em Atenas.

No seu entender, o triunfo apresenta "números ajustados em face das oportunidades". Com apuramento garantido, o Braga pode ainda lutar pelo primeiro lugar, embora tenha de fazer sempre melhor que o Leicester, atualmente com os mesmos pontos, na última jornada.

PUB

O técnico garante que a equipa vai manter a cultura de vencer jogo a jogo e recusou qualquer ideia de poder aproveitar o bom momento para se lançar na corrida de títulos.

"Isso é espetacular. No dia em que o Braga tiver um terço do impacto nos média das equipas grandes, aí se calhar podemos aproximarmo-nos. Até lá temos uma cultura que vive do impacto de três equipas. Os investimentos estão todos lá e nós gastámos 100 mil euros desde o princípio da época. Estamos empenhados em fazer o melhor jogo a jogo. E não se fala mais nada do que isso. Se um dia derem um terço do mediatismo já estamos a falar que faltam dois. Até lá é só retórica", destacou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG