Premium

Tomás Esteves e os quilómetros de amor para chegar ao sonho

Tomás Esteves e os quilómetros de amor para chegar ao sonho

Fazer as mochilas, preparar os lanches, o jantar, e percorrer 256 quilómetros (ida e volta) desde os Arcos de Valdevez até ao Olival, VN Gaia, para chegar ao treino.

Durante oito anos foi esta a rotina de Clara Esteves, mãe de Tomás Esteves, um dos jovens emergentes da cantera portista que, aos 17 anos, oito meses e dois dias, estreou-se pela equipa A. O lateral direito foi lançado por Sérgio Conceição na reta final do jogo com o Casa Pia (3-0), na Taça da Liga, e tornou-se, segundo o playmakerstats, no defesa mais jovem dos últimos 94 anos a estrear-se pelos dragões, apenas atrás de Pedro Temudo (1924/25).

O dia especial acabou com Esteves, que tem contrato até 2021 e uma cláusula de 10 milhões de euros, a enviar um beijinho para a mãe, na "flash-interview". "Chorei de alegria, porque o meu filho cumpriu um sonho, mas ele não precisava de me agradecer. Fazia tudo igual outra vez. O que fiz foram quilómetros de amor", diz, ao JN, Clara Esteves.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG