Epidemia

Torneios de râguebi adiados devido ao coronavírus

Torneios de râguebi adiados devido ao coronavírus

Os torneios de râguebi de sevens, previstos para decorrerem em Hong Kong e Singapura, em abril, foram adiados para outubro devido ao surto com o coronavírus Covid-19, juntando-se a uma série de eventos cancelados ou adiados.

Segundo um comunicado da Federação internacional de râguebi, esta foi "uma resposta às preocupações sanitárias persistentes ligadas à epidemia do novo coronavírus". Prevista para decorrer entre 3 e 5 de abril, a etapa de Hong Kong, criada em 1976 e que foi uma das provas que estiveram na origem do circuito mundial, foi adiada para o fim de semana de 16 a 18 de outubro.

A seleção portuguesa, que desde 2016 foi rebaixada, não está entre a elite, mas vai disputar a World Rugby Sevens Challenger Series, uma nova competição internacional, recentemente lançada para impulsionar o desenvolvimento do râguebi de sevens em todo o mundo.

As duas jornadas da World Rugby Sevens Challenger Series inaugural vão ser disputadas na cidade chilena de Viña del Mar (15 a 16 de fevereiro de 2020) e em Montevideu (22 a 23 de fevereiro de 2020), sendo que as oito primeiras classificadas nas duas jornadas deveriam disputar um play-off por um lugar no circuito mundial, e que estava agendado para decorrer em Hong Kong, também entre 3 e 5 de abril. A etapa de Singapura foi adiada para o fim de semana de 10 e 11 de outubro.

O adiamento das duas provas junta-se ao de um grande número de eventos que, entretanto, foram anulados ou adiados, com destaque para o campeonato chinês de futebol, agendado para arrancar em 22 de fevereiro e cujo início foi retardado.

Também a Liga dos Campeões asiática será afetada, com os jogos que envolvem as equipas chinesas a serem adiados, para já, para abril, com exceção para a equipa do Beijing Guoan, que se encontra instalada na Coreia do Sul, bem como o torneio de qualificação olímpico feminino, previsto inicialmente para Wuhan, epicentro da epidemia, transferido para Sidney, Austrália.

PUB

Os Mundiais de atletismo de pista coberta foram adiados para 2021, os quais seriam o primeiro grande evento de atletismo do ano, a cerca de quatro meses dos Jogos de Tóquio2020, tendo ainda sido anuladas as provas de golfe da LPGA e PGA previstas para a China.

O Grande Prémio de Fórmula 1 da China também foi adiado devido ao surto generalizado do novo coronavírus no país asiático e a Federação Internacional do Automóvel a acompanhar a situação no que diz respeito a outros eventos motorizados.

O surto do novo coronavírus - Covid-19 - foi inicialmente detetado em dezembro passado e o seu número total de mortes fixou-se hoje em 1.367, enquanto o número de casos confirmados ascendeu a 59.804, em toda a China continental.

O novo vírus, que provocou um morto em Hong Kong e outro nas Filipinas, afeta também o território de Macau (com oito infetados) e mais de duas dezenas de países, onde os casos de contágio superam os 350.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG