O Jogo ao Vivo

Futebol

Tribunal Arbitral do Desporto confirma descida do Vitória de Setúbal

Tribunal Arbitral do Desporto confirma descida do Vitória de Setúbal

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) decidiu não dar provimento à providência cautelar interposta pelo Vitória de Setúbal contra a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). O JN confirmou a decisão do TAD, que assim ratifica a descida de divisão dos sadinos e a presença do Portimonense no sorteio da Liga, a realizar amanhã, no Porto.

O Vitória de Setúbal SAD irá, assim, competir para o Campeonato de Portugal, depois de ter visto a inscrição na Liga recusada por incumprimento dos pressupostos financeiros, nomeadamente quanto à prova da inexistência de dívidas a clubes, jogadores, treinadores e funcionários, e também à Autoridade Tributária.

A decisão do TAD foi tomada na reunião plenária de quinta-feira e viabiliza a realização do sorteio da Liga, amanhã, com a presença do Portimonense, equipa despromovida que foi convidada a ocupar a vaga dos sadinos.

O clube setubalense havia garantido a permanência na Liga na última jornada, com uma vitória (2-0) sobre o Belenenses SAD, no Bonfim. Um triunfo muito festejado na altura pelos adeptos, que estavam longe de imaginar o pesadelo que se seguiu.

Os sadinos não conseguiram concluir o processo de licenciamento junto da Comissão de Auditoria da Liga, que decidiu não admitir a candidatura do clube às competições profissionais devido à infração de três dos critérios financeiros: inexistência de dívidas a Sociedade Desportivas; inexistência de dívidas a jogadores, treinadores e funcionários; e regularidade da situação contributiva perante a Autoridade Tributária.

O V. Setúbal começou por recorrer da decisão da Liga para o Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), órgão que se viria a afirmar incompetente para julgar o processo, passando, assim, a análise da providência cautelar apresentada pelo clube para o TAD.

PUB

O Tribunal Arbitral do Desporto não deu razão aos setubalenses, que, assim, serão substituídos na Liga pelo Portimonense, o 17.º classificado em 2019/20, que foi convidado a ocupar a vaga criada pela despromoção da equipa do Bonfim.

Recorde-se que, na altura, a Comissão de Auditoria também chumbou a candidatura do Desportivo das Aves, esta uma situação já esperada, devido aos problemas financeiros que afetavam a SAD e que levaram vários jogadores a apresentarem pedidos de rescisão, alegando salários em atraso.

Além do Portimonense, repescado para a Liga, foram então também convidados a inscreverem-se na LigaPro os dois clubes que haviam sido despromovidas, o Cova da Piedade e o Casa Pia.

Esgotados os recursos do Vitória de Setúbal em termos desportivos, a Liga pode organizar, sem quaisquer condicionantes, o sorteio das duas provas profissionais, marcado para amanhã, às 19 horas, no Porto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG