Futebol

Tribunal do Desporto já recebeu recurso do Manchester City contra UEFA

Tribunal do Desporto já recebeu recurso do Manchester City contra UEFA

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) anunciou esta quarta-feira, em comunicado, ter recebido o recurso do Manchester City contra a condenação imposta pela UEFA de exclusão das competições europeias por um período de dois anos por ter quebrada as regras do fair-play financeiro.

"O apelo é direcionado contra a decisão da Câmara Adjudicatória do Comité de Controlo Financeiro de Clubes da UEFA (CFCB) de 14 de fevereiro, no qual o Manchester City foi sancionado com a exclusão nas próximas duas épocas das competições europeias para as quais o clube se qualificar e com o pagamento de uma multa de 30 milhões de euros", pode ler-se no documento enviado pelo TAS, órgão que é presidido pelo português Cunha Rodrigues, ex-procurador-geral da República.

No comunicado, é explicado, ainda, que o processo envolve a troca de observações por escritos de ambas as partes envolvidas (Manchester City e UEFA) e a convocação de um painel de juízes do TAS, que "após ser formalmente constituído emite instruções processuais, incluindo, entre outras coisas, a realização de uma audiência".

Após a audiência, o painel deliberará e, depois, emitirá a sentença arbitral, que não tem data para ser proferida.