Ciclismo

Triunfo português em Itália: Guerreiro vence etapa e Almeida mantém a Rosa

Triunfo português em Itália: Guerreiro vence etapa e Almeida mantém a Rosa

O ciclista português Ruben Guerreiro venceu, este domingo, a nona etapa da volta a Itália, com outro português, João Almeida, a manter a liderança da prova, pelo sétimo dia consecutivo.

Ruben Guerreiro (EF Pro Cycling) foi o primeiro a cortar a meta da nona etapa, uma tirada de 207 quilómetros, entre San Salvo e Roccaraso, que terminou com uma contagem de montagem de primeira categoria. Triunfo que valeu a Guerreiro a liderança do prémio de Montanha, com 84 pontos.

O ciclista português, campeão nacional em 2017, superiorizou-se a Jonathan Castroviejo (Ineos), num sprint de montanha debaixo de chuva, para conseguir a primeira vitória numa etapa de uma prova do "World Tour".

João Almeida foi 19.º na etapa, a 1.56 minutos de Ruben Guerreiro, e segurou a liderança da Volta a Itália em bicicleta, completando sete dias de camisola rosa, a que soma também a branca, de líder da juventude. No total, os portugueses somam três camisolas, com Guerreiro a vestir, este domingo, a camisola azul, de líder da montanha.

Numa etapa muito longa, com quatro contagens de montanha, duas de segunda e duas de primeira categoria, nem tudo foram rosas para João Almeida, que ficou com menos vantagem na liderança. É seguido, agora, por Wilco Kelderman, nono na etapa, que ganhou 18 segundos ao ciclista português da Deceuninck-QuickStep, estando agora a 30 segundos do primeiro lugar, ultrapassando Bilbao Armentia no segundo posto, a 39 segundos do lusitano.

PUB

Com o triunfo na etapa, Ruben Guerreiro, que cumpriu os 207 quilómetros da tirada em 5:41.20 horas, subiu sete lugares na geral, de 38.º para 31.º, a 16.26 minutos do líder, João Almeida.

Foi o primeiro triunfo português no Giro em 34 anos, somando-se às cinco vitórias de Acácio da Silva, nas voltas de 1985 e 1986.

Outras Notícias