Turismo

Turismo do Porto e Norte anuncia retorno de 100 milhões com o Rali

Turismo do Porto e Norte anuncia retorno de 100 milhões com o Rali

O presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal disse que o Rali de Portugal vai gerar um retorno económico de 100 milhões de euros, para um investimento de 3,5 milhões de euros.

"É claramente um retorno que justifica este investimento", exclamou Melchior Moreira à agência Lusa.

Falando em Lousada, onde assistia à superespecial de abertura do Rali de Portugal, o dirigente disse ter "valido a pena o esforço de trazer o rali para o Norte", dando como exemplo os 95% de ocupação hoteleira na região do Porto e nos 13 concelhos onde se disputa o rali.

O presidente da entidade regional de turismo avançou também que o volume de negócios na restauração da região, nos últimos dias, "está a exceder as expetativas".

Sobre a adesão do público, disse não estar surpreendido com os números já conhecidos. "Concretizou-se um sonho, porque o Norte pedia o rali, como estamos a ver aqui em Lousada, com esta moldura humana, mais de 25 mil pessoas", afirmou.

O dirigente recordou que pela Exponor nos últimos 10 dias já passaram mais de 20 mil pessoas e em Guimarães, no arranque do rali, "estava uma moldura humana de 7 mil pessoas".

"Isso demonstra, claramente, que o Norte é a capital do automobilismo e que este é o único local onde o rali de Portugal tem força e dá visibilidade à marca Portugal", acentuou.

PUB

A 49.ª edição do Rali de Portugal, que arrancou esta quinta-feira com a superespecial de Lousada e prolonga-se até domingo, terá cerca de 350 quilómetros cronometrados, divididos em 16 classificativas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG