O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Um prodígio com ideias arrumadas

Um prodígio com ideias arrumadas

André Barbosa carrega a terceira melhor marca europeia nos 3.000 metros e ameaça ser caso sério na modalidade

Aos 16 anos, André Barbosa começa a ganhar um estatuto especial na modalidade. O atleta do Leixões carrega a terceira melhor marca nos três mil metros (8 minutos e 28 segundos), no escalão de juvenis, e, há duas semanas, sagrou-se campeão nacional de corta-mato, em Guimarães. A acompanhá-lo diariamente está Paulo Catarino, antigo atleta olímpico e treinador no clube de Matosinhos, que se refere ao jovem talento "como um autêntico prodígio". "Dá gosto vê-lo a evoluir. Se continuar assim, vai bater muitos recordes", vaticina.

André Barbosa é o primeiro a demonstrar a mesma ambição do treinador, que considera um exemplo. "Quero bater todos os recordes do Paulo. Chegar ao nível de um dos meus maiores ídolos seria muito bom", afirma, ao JN, valorizando a relação entre pupilo e mentor, que vai muito além do desporto. "Vejo-o como uma figura paternal", explica.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG