Futebol

Valência nos quartos de final da Taça do Rei

Valência nos quartos de final da Taça do Rei

O Valência, com o português Miguel a titular, apurou-se esta quarta-feira para os quartos de final da Taça do Rei de futebol, apesar de ter perdido por 2-1 na visita ao Sevilha, em jogo da segunda mão.

A equipa valenciana detinha uma vantagem de um golo, obtida no jogo da primeira mão, em casa, e seguiu em frente por ter marcado um tento em reduto alheio.

No jogo desta quarta-feira no Estádio Ramón Sánchez-Pizjuan, o Valência colocou-se em vantagem aos 66, por intermédio de Soldado, a passe de Jonas.

No entanto, Rakitic empatou aos 70 minutos, numa recarga a remate de Cáceres, que o guarda-redes Alves não conseguiu segurar.

O 2-1 a favor do Sevilha, insuficiente para o apuramento da formação da Andaluzia, acabou por surgir aos 90+1, num auto-golo do defesa central do Valência Víctor Ruiz.

No primeiro jogo desta quarta-feira da Taça do Rei, o Levante garantiu também a presença nos quartos de final, depois de vencer na recepção ao Alcorcón, por 4-0, em jogo da segunda mão.

A equipa do Levante desfez a vantagem de 2-1 que o Alcorcón trazia do jogo da primeira mão e voltou a inscrever o nome entre os oito finalistas da edição deste ano da Taça do Rei, mais de 71 anos depois da primeira vez.

Barkero (23), Roger (45), Iborra (52) e Rubén Suárez (60) foram os autores dos golos do Levante frente ao Alcorcón, do segundo escalão.

O Espanyol também se apresentou nesta segunda mão com uma desvantagem de 2-1 com o Córdoba e conseguiu operar esta quarta-feira a reviravolta em casa.

Os catalães venceram os andaluzes por 4-2, com três golos de Álvaro Vázquez (9, 20 e 88) e um de Dídac (35). Alberto (40) e Pepe Díaz (49) marcaram para o Córboda.

O português Afonso Taira, utilizado como titular na primeira mão, não foi convocado no Córdoba, da segunda divisão espanhola.

Os oitavos de final da Taça do Rei completam-se na quinta-feira, com os jogos entre Atlético Bilbau e Albacete (0-0, na primeira mão) e entre Osasuna e FC Barcelona (4-0 de vantagem para os "blaugrana"), finalista vencido na época passada.

Outros Artigos Recomendados