Futebol

Valor dos craques cai a pique com o efeito da Covid-19

Valor dos craques cai a pique com o efeito da Covid-19

Alex Telles, que continua a ser o jogador mais valioso da Liga, baixa para 32 milhões. Benfica é o grande penalizado.

Os valores de mercado da generalidade dos jogadores da Liga caiu a pique, em virtude da pandemia de Covid-19. Um mês após a suspensão temporária da competição e de acordo com o estudo do Transfermarkt, site especializado em mercado de transferências, os efeitos da paragem já se sentem, tendo as cotações baixado bastante.

Alex Telles, do F. C. Porto, que continua a ser o jogador mais valioso da Liga, caiu de 40 para 32 milhões de euros, uma descida de oito milhões (20%), que exemplifica a tendência de queda. Rúben Dias (Benfica), mantém-se na segunda posição, mas vale agora 30,5 milhões, em vez dos 38 da última avaliação, caindo 19,7%. Já Grimaldo, que fecha o pódio, baixou para 28 milhões, perdendo sete milhões, equivalente a 20%.

Entre os 20 mais cotados estão 11 jogadores do Benfica, sete do F. C. Porto, um do Braga (Trincão), que vale 16 milhões e está em 11.º lugar, e um do Sporting (Acuña), em 16.º e avaliado em 12 milhões.

O Benfica é o clube mais castigado nesta atualização (cai 61,9 milhões), mas o valor do plantel, agora de 269,6 milhões de euros, ainda é o mais alto das 18 equipas da Liga. Segue-se F. C. Porto (217,53), Sporting (98,25), Braga (89,5), Vitória de Guimarães (40,38), Famalicão (37,1) e Rio Ave (19,73). Mais de metade das equipas não ultrapassa os 14 milhões, sendo o Gil Vicente (11,35) o mais baixo.

O Transfermarkt reviu em baixa o valor dos jogadores em todo o Mundo, na maior parte dos casos na ordem dos 20%. Quem valia 300 mil euros ou menos não foi alterado. Já os nascidos em 1998 ou mais tarde foram desvalorizados em 10%. Na Liga, os valores dos plantéis caíram 204,2 milhões de euros, cifrando-se em 914,65 milhões. "O mercado entrou em colapso, muitos clubes podem estar ameaçados de insolvência", adianta Matthias Seidel, CEO do Transfermarket.

LÁ FORA

Mbappé continua líder e Sancho ultrapassa Messi

Ao nível internacional, Mbappé (PSG) continua a ser o jogador mais cotado, valendo agora 180 milhões de euros, após perder 10%. Neymar, também da equipa francesa, e Sterling, do Manchester City, repartem a segunda posição deste ranking, valendo cada 128 milhões de euros, após sofrerem ambos uma desvalorização de 20%. Salah e Mané (Liverpool), De Bruyne (Manchester City) e Kane (Totenham) ocupam os lugares imediatos, valendo cada 120 milhões. Sancho (B. Dortmund), com 117 milhões de valor de mercado, é o oitavo mais valioso, tendo ultrapassado Messi (Barcelona), que caiu para os 112 milhões. Devido à idade (35 anos), Cristiano Ronaldo (Juventus) vale agora 60 milhões.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG