Sporting

Varandas responde à contestação com "beijinhos" para a bancada

Varandas responde à contestação com "beijinhos" para a bancada

Frederico Varandas garantiu, esta quinta-feira, no discurso que proferiu na assembleia-geral, que não abandonará a presidência, apesar da forte contestação de que foi alvo por parte de uma fação de sócios, aos quais respondeu com "beijinhos".

No discurso que antecedeu a contagem dos votos da assembleia-geral para apresentação do Relatório e Contas de 2018/19, o responsável máximo pelos desígnios do clube leonino garantiu que não sairá da presidência e sob mais um coro de assobios e vaias enviou "beijinhos" para a bancada do pavilhão onde estavam a maioria dos sócios contestatários.

O gesto foi entendido como uma clara provocação e enquanto se aguardam pelos resultados finais, cerca de 30 adeptos esperam, do lado de fora do pavilhão João Rocha, pela saída de Frederico Varandas e restantes membros dos órgãos sociais para lhes "dedicarem" uma última assobiadela.