Sporting

Varandas: "Sorrio quando ouço alguns dizerem que esta estratégia é pouco ambiciosa"

Varandas: "Sorrio quando ouço alguns dizerem que esta estratégia é pouco ambiciosa"

Presidente do Sporting discursou na 40.ª edição da gala Rugidos de Leão, que se realizou esta sexta-feira em Leiria, garantindo que os leões não vão mudar de rumo e falando das críticas ao projeto

O presidente do Sporting Frederico Varandas esteve esta sexta-feira presente na gala Rugidos de Leão, que decorreu em Leiria, onde foram entregues galardões a 20 personalidades do universo leonino.

O líder da SAD verde e branca discursou no evento, afirmando que o clube regressou "para ter um futuro, mais do que apenas pensar no presente". Destacando o investimento que considera "estrutural e transversal", atira ainda que "ainda não chegámos ao destino final", mas que o progresso é "feito de forma mais rápida, estável, sustentada e competitiva".

PUB

A passar um momento difícil nesta temporada, Varandas afirma que o clube vai "manter a estratégia, na derrota e na vitória", exigindo que sejam "exigentes". "Não vamos mudar o rumo por qualquer vitória ou derrota", atirou o presidente dos leões.

Além disso, o responsável máximo dos leões deixou uma mensagem aos críticos do seu projeto. "Hoje o Sporting continua a avançar no seu caminho de forma segura e confiante. Sorrio quando ouço alguns dizer que esta estratégia é pouco ambiciosa ou exigente, e que damos preferencia à vertente financeira. Como deve ser dificil para esses ver que é preciso recuar décadas para encontrar um mandato tão vencedor em títulos como foram estes ultimos quatro anos", referiu.

Por fim, assume que uma das maiores alegrias é "ver esta geração de miúdos, de 8, 10, 12 anos, crescerem com um Sporting muito mais vitorioso e competitivo do que quando a minha geração tinha essa idade".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG