O Jogo ao Vivo

Futebol

Varzim à pesca de talentos chineses

Varzim à pesca de talentos chineses

Cinco jogadores estão a evoluir em vários escalões do emblema poveiro, numa parceria entre um clube, a Federação Chinesa de Futebol e o Varzim, desenvolvida ainda antes de Futre celebrizar "os charter de chineses" para Portugal.

Em Março de 2011, durante a campanha para as eleições do Sporting, o discurso de Paulo Futre sobre a contratação de um jogador chinês fez correr muita tinta, acabando por virar a atenção dos clubes portugueses para os mercados de futebol asiático, e as perspectivas desportivas e financeiras que de lá podem advir. O Varzim, actualmente na 2.ª Divisão, começou a fazer esse trabalho de casa, ainda antes da célebre intervenção de Futre, e há três anos, numa viagem do presidente do clube, Lopes de Castro, à China, deu os primeiros passos para explorar esse filão, levando a que actualmente estejam no emblema poveiro cinco jogadores chineses.

Leia mais na edição e-paper ou na edição impressa

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG