Desporto

Vercauteren concorda com o castigo a Insúa

Vercauteren concorda com o castigo a Insúa

Franky Vercauteren assumiu, ao princípio da tarde desta sexta-feira, em Alcochete, que aceita o castigo de dois jogos a Insúa. O argentino foi vítima de processo sumaríssimo por parte do Conselho de Disciplina em face de ter cuspido em Lionn, jogador do Rio Ave, no último embate da Taça da Liga.

"Todos têm um trabalho para fazer e devem limitar-se às suas funções. A minha é de treinador e tenho de concordar com a decisão. Agora resta-me falar com o jogador e solucionar o caso com a equipa", sublinhou o técnico. Por outro lado, o belga elogia a capacidade do Paços de Ferreira, adversário de amanhã (18 horas), em Alvalade. "É uma grande equipa, está na posição que merece e tem qualidade. Esperamos um jogo difícil", acentuou.

O responsável revelou-se reservado sobre as prováveis saídas de Izmailov e Elias, além de referir não se sentir "desapontado" com a experiência em Alvalade.

Rui Patrício, Schaars e Rinaudo, novo trio de capitães, também passou pela sala de Imprensa. Na opinião do argentino, a nova composição é apenas um "detalhe" que não fará ganhar jogos de forma isolada. "O problema é claramente futebolístico. Temos de trabalhar mais do que nunca para corrigir, essencialmente, as coisas como equipa. Como grupo estamos bem", sublinhou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG