Benfica

Veríssimo: "Felicito o Sérgio e os jogadores pela conquista"

Veríssimo: "Felicito o Sérgio e os jogadores pela conquista"

Nélson Veríssimo, treinador interino do Benfica, felicitou esta segunda-feira "Sérgio Conceição e os jogadores" do F. C. Porto pela conquista do título da Liga e assumiu que a segunda volta não correu como desejado.

O técnico foi questionado sobre se considerava o F. C. Porto um justo campeão nacional, durante a conferência de imprensa de antevisão da partida de terça-feira, frente ao Aves, e acabou por atribuir a conquista dos dragões à segunda volta irregular do Benfica.

"Tivemos uma primeira volta em que estivemos muito bem, sempre na frente, e uma segunda [volta] que não aconteceu como queríamos. O F. C. Porto acabou por somar mais pontos do que nós e, por isso, felicito o Sérgio [Conceição] e os jogadores pela conquista que tiveram", analisou Nélson Veríssimo.

PUB

Já com a final da Taça de Portugal no horizonte, precisamente frente aos dragões, o técnico das águias foi perentório ao afirmar que vencer a prova rainha do futebol português "não" salva a época do Benfica, mas admitiu que será um homem realizado se conseguir conquistar esse troféu no último jogo ao leme da equipa.

"Fará de mim um homem realizado como qualquer benfiquista. Nesse sentido, sim, é por isso [conquistar títulos] que estamos aqui desde o início da época e esse é um dos objetivos", assumiu o sucessor de Bruno Lage.

No entanto, Veríssimo fez questão de lembrar que estava a entrar em terrenos que não gosta, ao abordar o encontro decisivo com o F. C. Porto, pois diz que tem de "ser coerente" e isso passa por "centrar energias" nos próximos dois jogos do campeonato, frente ao Aves e ao Sporting.

"O foco deles [jogadores do Benfica], neste momento, está no Desportivo das Aves, até porque a preparação aponta nesse sentido. Acredito que no subconsciente comecem a pensar nisso [na final da Taça de Portugal], mas o foco está sempre no jogo seguinte, que é o mais importante neste momento", sublinhou.

E sobre a visita à Vila das Aves, o treinador mostrou-se confiante na realização do encontro, apesar da anunciada falta de comparência da SAD dos avenses.

"O que percebemos é que tanto os jogadores como os treinadores querem ir a jogo e estamos a contar que haja jogo. Temos a certeza que vamos encontrar dificuldades, apesar desta situação, porque julgamos que os jogadores vão encarar este jogo de uma forma ainda mais especial", analisou.

Nélson Veríssimo admitiu ainda que vê a situação do adversário de terça-feira "com bastante apreensão", até porque, apesar de "nem jogadores, nem treinadores" quererem que acontecesse, acaba por "não ficar uma boa imagem para a nossa Liga nem para o futebol português", mas mostrou-se confiante de que "as coisas vão acabar por se resolver".

Nesse sentido, garantiu que sente a equipa "extremamente focada", apesar de este já não ter qualquer implicação na classificação final das águias, e rejeitou a ideia de fazer uma revolução no "onze", quando questionado sobre uma eventual oportunidade para os menos utilizados.

"Digo o mesmo que tenho repetido, que o plantel tem 25 jogadores e todos fazem parte. É natural que jogo após jogo surjam alterações pontuais e a preparação para este jogo não será diferente", sublinhou o técnico.

Certa é a ausência de Taarabt, confirmada por Nélson Veríssimo, apesar de o marroquino estar recuperado de uma lesão no tornozelo direito que o manteve afastado da equipa nos últimos encontros.

O Benfica visita na terça-feira o Aves, na 33.ª jornada da Liga, agendada para as 21.15 horas e marcada pela instabilidade vivida pelos avenses, que já têm consumado o último lugar e a consequente descida de divisão.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG