Por apenas um segundo, António Carvalho conquistou em Resende o primeiro contrarrelógio da carreira, na 3.ª etapa do GP Douro Internacional. Corredor da Glassdrive está agora mais perto do camisola amarela, José Neves da W52-F. C. Porto.

Ciclismo

Um segundo bastou a Carvalho para vencer o primeiro contrarrelógio da carreira

Um segundo bastou a Carvalho para vencer o primeiro contrarrelógio da carreira

O pelotão corre no domingo a última etapa do Grande Prémio Douro Internacional, em Lamego, numa tirada de 148 quilómetros.

Com a suspensão de seis dos sete ciclistas da W52-F. C. Porto, por decisão da Autoridade Antidopagem de Portugal (ADoP) no âmbito da operação "Prova Limpa", José Neves é o único corredor da equipa em prova e terá de defender a amarela.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG