Futebol

Bruno Lage deixa o Benfica após derrota frente ao Marítimo

Bruno Lage deixa o Benfica após derrota frente ao Marítimo

Bruno Lage colocou o lugar à disposição, após a derrota frente ao Marítimo. A revelação foi feita no final da partida por Luís Filipe Vieira, que aceitou a demissão do treinador.

Em declarações após a derrota do Benfica frente ao Marítimo, o presidente dos encarnados, Luís Filipe Vieira, assumiu as culpas da derrota e do consequente mau momento e afirmou que Bruno Lage já não vai treinar amanhã.

"O nosso treinador falou comigo no fim do jogo e colocou o lugar à disposição. Disse que não tinha condições para continuar. Disse que 'parece que todos querem que eu saia, a partir de amanhã não sou treinador do Benfica", afirmou Luís Filipe Vieira, que já aceitou o pedido de demissão, segundo apurou o JN.

"Nunca me verguei a nada. Espero que quando chegar a Lisboa tome a decisão de não me vergar. Não deixem o Benfica voltar ao passado, porque fomos todos que demos cabo do Benfica. Vou falar com a minha família".

As declarações do líder benfiquista surgiram minutos depois de Bruno Lage ter afirmado, no rescaldo do jogo, que acreditava na continuidade e que sentia apoio da equipa e da direção.

"Os jogadores estão comigo, estamos todos no mesmo barco. Sinto o apoio de toda a gente, desde o primeiro dia até sempre. Sinto que todos querem que eu tenha sucesso no clube, o presidente e toda a estrutura", disse Bruno Lage.

Outras Notícias