Desporto

Villas-Boas termina em terceiro na Rússia

Villas-Boas termina em terceiro na Rússia

O CSKA Moscovo conquistou hoje o seu sexto título da Liga russa de futebol, ao vencer na visita ao Rubin Kazan, por 1-0, enquanto o Dínamo Moscovo foi despromovido pela primeira vez na sua história.

O médio Dzagóev marcou o golo da vitória do CSKA em Kazan, aos 19 minutos, promovendo a reconquista do campeonato, que a formação moscovita, que eliminou o Sporting na pré-eliminatória da Liga dos Campeões, já tinha conquistado em 2003, 2005, 2006, 2013 e 2014.

Com o triunfo do CSKA, de nada valeu a vitória do Rostov no terreno do Terek Grozny, por 2-0, deixando a formação comandada por Kurbán Berdíev no segundo lugar, a dois pontos do campeão.

O Zenit, que detinha o título e foi hoje orientado pela última vez pelo português André Villas-Boas, terminou a competição no terceiro lugar, que dá acesso à Liga Europa, após vencer por 3-0 na visita ao Dínamo Moscovo, que foi relegado para o segundo escalão.

O antigo clube do emblemático guarda-redes Lev Yashin, conhecido como "aranha negra", fundado em 1923, iniciou a 30.ª e última ronda fora dos lugares de despromoção direta, mas acabou por acompanhar o lanterna-vermelha Mordóvia na descida, na sequência da surpreendente vitória do Ufa na receção ao Spartak Moscovo, por 3-1.

O histórico emblema de Moscovo terminou a prova no 15.º lugar, com 25 pontos, menos um do que o Ufa, que assegurou a permanência, e relegou Anzhi e Kuban Krasnodar, 13.º e 14.º, respetivamente, para o 'play-off' de acesso ao primeiro escalão com os terceiro e quarto classificados da segunda divisão.

O Dínamo, que durante 21 temporadas foi o clube de Yashin, o único guarda-redes a conquistar a Bola de Ouro, em 1963, disputou a final da Taça UEFA, em 1971/72, tendo 11 títulos de campeão soviético e sete taças, incluindo a Taça da Rússia de 1995.