Liga Conferência

Vinte detidos em incidentes entre adeptos do Marselha e do Feyenoord

Vinte detidos em incidentes entre adeptos do Marselha e do Feyenoord

As autoridades francesas detiveram, na quarta-feira, 20 pessoas em Marselha, na sequência de incidentes entre adeptos do clube local e do Feyenoord, que esta quinta-feira se defrontam para a segunda mão das meias-finais da Liga Conferência.

Segundo disse fonte da polícia à agência AFP, na noite de quarta-feira, os adeptos franceses, que constituem a maioria dos detidos, arremessaram projéteis aos neerlandeses que se encontravam reunidos nas esplanadas da zona portuária de Marselha, sob vigilância policial.

Seguiram-se provocações entre os grupos de adeptos franceses e neerlandeses, mas, de acordo com as forças policiais de Marselha, que admitem um "reforço de efetivos para o dia de hoje", "não se registaram problemas de maior".

O jogo foi classificado de "alto risco" e as autoridades montaram um esquema de segurança com cerca de mil elementos, espalhados pelas imediações do estádio, centro da cidade e zonas especificamente dedicadas aos fãs neerlandeses.

Dentro do estádio, os adeptos do Feyenoord ficarão na zona reservada aos visitantes e uma área vazia será deixada para os adeptos da casa, por questões de segurança.

O setor norte do estádio Vélodrome estará fechado ao público, devido ao castigo aplicado pela UEFA ao Marselha, após os incidentes verificados durante o encontro dos quartos de final da Liga Conferência, com os gregos do PAOK Salónica.

Cerca de 3200 adeptos neerlandeses são esperados no Vélodrome, sendo ainda expectável que outros mil a 1500 se encontrem na cidade de Marselha, mas sem bilhete para assistir ao encontro.

PUB

Na partida da primeira mão das meias-finais, o Feyenoord venceu por 3-2 o Marselha, em Roterdão.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG