Mundiais

Vinte e quatro atletas lusos rumam aos Mundiais de Daegu

Vinte e quatro atletas lusos rumam aos Mundiais de Daegu

A selecção portuguesa para os Mundiais de atletismo de Daegu, de 27 de Agosto a 4 de Setembro, integra um total 24 nomes, 12 em cada sector, não se verificando surpresas na convocatória definitiva.

A lista de nomes, apresentada no final da semana passada por José Barros, seleccionador nacional, à direção da FPA, e que ainda não foi publicamente divulgada, integra todos os atletas que fizeram mínimos, com excepção de Francis Obikwelu (100 metros) e Sílvia Cruz (dardo), em evidente falta de forma e a recuperar de lesões, e Vera Santos, sem lugar na quota nacional dos 20 km marcha.

Para o caso de Jessica Augusto, que tinha mínimos na Maratona mas não pretendia disputar essa prova, foi encontrada uma solução "de excepção", considerando-se o mínimo para os 10.000 metros feitos em 2010.

A FPA fixou que para estes Mundiais de Daegu o período para conseguir mínimos era a época de pista de 2011, mas para a campeã europeia de corta-mato resolveu adoptar uma postura mais flexível, "pesando" o facto de a atleta ter marca na maratona e ter passado por uma má fase a nível pessoal, nos últimos meses, a par do seu brilhante palmarés em corta-mato e pista (bronze nos últimos Europeus).

Susana Feitor (20 km marcha) fará em Daegu os seus 11.ºs mundiais, desempatando na lista de mais presenças da discóbola alemã Franka Dietsch, que já não vai à Coreia do Sul.

A quota portuguesa para os 20 km marcha fica preenchida com Ana Cabecinha e Inês Henriques, o que deixa de fora Vera Santos, mesmo tendo feito os mínimos, com marca de nível internacional.

Com Francis Obikwelu de fora, os medalhados em Jogos Olímpicos ou Mundiais na delegação lusa são, além de Susana Feitor, Rui Silva (10.000 metros) e Nelson Évora (triplo).

No plano oposto, destaque para as estreias absolutas, a este nível, de Marcos Chuva (comprimento), Vera Barbosa e Jorge Paula (400 metros barreiras), já com boas provas dadas em escalões mais jovens.

A viagem dos portugueses para Daegu faz-se em três levas: um grupo vai dia 20, um segundo dia 22 e um terceiro segue directamente das Universíadas (China) para Daegu.

Outras Notícias