Futebol

Vítor Bruno: "Não entrámos muito bem, sentimos algumas dificuldades"

Vítor Bruno: "Não entrámos muito bem, sentimos algumas dificuldades"

O treinador-adjunto do F. C. Porto destacou a importância da vitória frente ao Portimonense e pediu uma revisão do calendário por parte da UEFA.

"Quero destacar os três pontos numa vitória que era importante. Não entrámos muito bem, sentimos algumas dificuldades. Mas o único remate enquadrado do Portimonense resulta em golo e empatámos no final da primeira parte. Na segunda parte foi diferente. Nós, treinadores, temos a vantagem de conhecer os jogadores como ninguém e obviamente que o intervalo foi importante para encontrarmos os gatilhos certos para encontrar a melhor versão deles. Temos uma atitude competitiva grande, o F. C. Porto está habituado a ganhar, já está numa posição algo delicada, os jogadores perceberam a mensagem, perceberam que não é para descolar dos lugares cimeiros, vamos estar na luta para morder os calcanhares a quem está na frente", começou por dizer Vítor Bruno.

As competições nacionais vão, agora, parar devido aos compromissos das seleções - os azuis e brancos voltam a jogar daqui a duas semanas frente ao Fabril Barreiro, para a Taça - e o adjunto deixou um apelo à UEFA.

"Estas pausas não nos beneficiam em nada. É importante da parte da UEFA rever o momento atual, a forma como está definido o planeamento. Não temos muito tempo para trabalhar, ficamos com poucos jogadores, torna-se difícil consolidar algo com os que são novos no clube", concluiu.

O F. C. Porto venceu (3-1), este domingo, o Portimonense, no Estádio do Dragão, na sétima jornada da Liga. Beto, Mbemba, Taremi e Sérgio Oliveira marcaram os golos do encontro.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG