Liga dos Campeões

Vítor Pereira pede ambição e coragem para vencer Dínamo de Kiev

Vítor Pereira pede ambição e coragem para vencer Dínamo de Kiev

Para vencer o Dínamo de Kiev, na quarta-feira, para a Liga dos Campeões, o técnico Vítor Pereira vai exigir da equipa do F. C. Porto uma atuação "ambiciosa e corajosa", à imagem do sucedido frente ao PSG, em que os dragões aliaram a vitória (1-0) a uma boa exibição.

Quarta-feira, no Dragão, para a 3.ª jornada do Grupo A (19.45 horas, SportTV), os portistas defrontam a equipa ucraniana, com o propósito de somarem a terceira vitória seguida na prova.

"Queremos conquistar o mais depressa possível os pontos que garantam a passagem à próxima fase. Esperamos ter a casa cheia, para nos ajudarem a resolver os problemas", disse Vítor Pereira, esta terça-feira, ao início da tarde, na antevisão do desafio.

"Sei que o Dínamo tem uma boa transição ofensiva. Tornam-se perigosos. Temos que controlar esses momentos com um bom jogo posicional", salientou, rejeitando comparações com o último jogo do F. C. Porto, realizado em Vizela, para a Taça de Portugal e que mereceu muitas críticas.

"Estou aqui para falar da Champions. Noutra oportunidade falarei da Taça de Portugal", fez questão de avisar, garantindo que, frente ao Dínamo de Kiev, o F. C. Porto não vai relaxar. "Será necessária maturidade tática e emocional, e a nossa equipa tem isso", afiançou.

Na resposta a um jornalista da Ucrânia, o treinador portista recusou desvendar os pontos menos fortes do Dínamo, considerando que o jogo no Dragão, "seja qual for o resultado", nunca deixará o adversário fora da corrida ao apuramento.

"Têm belíssimos jogadores. Rápidos e técnicos. Tal como nós, gostam de ter a bola. Vai exigir um F. C. Porto ao nível do que se exibiu com o Paris Saint-Germain", concluiu.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG