Desporto

Vitória de Setúbal e Manuel Fernandes sem acordo de rescisão

Vitória de Setúbal e Manuel Fernandes sem acordo de rescisão

O treinador de futebol Manuel Fernandes recusou as condições propostas pelo Vitória de Setúbal para rescindir o contrato válido até final da época 2011/2012.

Segundo fonte próxima da direcção do clube, os dirigentes sadinos acreditavam que Manuel Fernandes poderia abdicar dos valores relativos ao último ano de contrato, mas a proposta não terá sido aceite pelo ainda treinador do Vitória de Setúbal, antepenúltimo classificado da Liga portuguesa de futebol.

A recusa de Manuel Fernandes em chegar a acordo para a rescisão do contrato, aliada às dificuldades financeiras do Vitória de Setúbal, terá inviabilizado a saída do técnico, que tem sido contestado por parte de alguns grupos de vitorianos.

O Vitória de Setúbal perdeu, sábado, com o Paços de Ferreira, por 2-0, no jogo da 21.ª jornada da Liga, e já não ganha para o campeonato há seis jogos consecutivos, tendo alcançado o último triunfo frente ao Portimonense, por 4-3, em jogo da 15.ª jornada.

Manuel Fernandes pode já não ser um treinador desejado em Setúbal, mas, aquando da assinatura do contrato, em Outubro de 2009, o presidente do clube sadino, Fernando Oliveira, dava como certo que iria permanecer no Bonfim até 2012.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG