Futebol

Vitória de Setúbal em estado de emergência

Vitória de Setúbal em estado de emergência

O presidente do Vitória de Setúbal vai abrir o estado de emergência dentro do clube para preparar o futuro no campeonato de Portugal, antiga terceira divisão e lidar com a despesa de cerca de dois milhões de euros anuais a credores associada à falta das receitas da primeira liga.

"Vamos reunir com a equipa principal e com outros departamentos e tomar decisões que não vão ser fáceis", disse Paulo Gomes.

Em conferência de imprensa, na manhã desta quinta-feira, no Estádio do Bonfim, horas depois de conhecido o indeferimento da providência cautelar que o Vitória apresentou ao Tribunal Arbitral do Desporto para permanecer na liga antes da tomada de decisão final, Paulo Gomes apelou à união dos adeptos.

"A providência cautelar serviria para permitir que o Vitória respirasse enquanto decorria o processo no TAD", afirmou Paulo Gomes que ainda assim acredita que essa decisão seja conhecida antes do arranque da próxima época. "Esta é uma notícia muito triste para o clube e para a cidade".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG