Liga

Vitória de Setúbal exige respeito "a PSP e demais forças de segurança"

Vitória de Setúbal exige respeito "a PSP e demais forças de segurança"

Em comunicado assinado pelo presidente da direção, Paulo Gomes, o Vitória de Setúbal denuncia, este domingo, "graves incidentes" no jogo do Jamor, frente ao Belenenses SAD, disputado na véspera e com vitória sadina, por 1-0, "devido à atuação injustificável, absolutamente desproporcionada e injustificada de alguns agentes da PSP, contra adeptos e jogadores do Vitória FC".

De acordo com os relatos sadinos, "antes do jogo, cerca de 20 adeptos do Vitória foram encostados a uma parede sem justificação alguma, de forma arrogante e mal educada, pela PSP, dando-lhes empurrões e puxões". Depois, são relatadas as imagens passadas pela Sport TV, nas quais Guedes foi impedido de festejar com os adeptos o golo solitário da partida, numa "atitude intempestiva da PSP". Por fim, refere o comunicado, "no final, quando os jogadores pretendiam, como sempre, festejar com os adeptos a vitória alcançada, foram empurrados pela PSP, não lhes permitindo aproximar dos mesmos".

Em jeito de conclusão, o Vitória sadino garante: "Respeitamos a PSP e as demais forças de segurança, mas exigimos respeito".

Recorde-se que, também neste fim de semana, o Feirense, da LigaPro, queixou-se igualmente das intervenções das forças de segurança, no caso a GNR.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG