O Jogo ao Vivo

Crise no Sporting

Vogal da direção do Sporting aliciado a trair Bruno de Carvalho

Vogal da direção do Sporting aliciado a trair Bruno de Carvalho

Luís Gestas, um dos sete membros do Conselho Diretivo do Sporting presidido por Bruno de Carvalho, terá recebido ofertas de emprego para abandonar o Sporting, fazendo, assim, cair a direção do clube de Alvalade.

"Sofri no último mês pressões para abdicar daquilo que os sócios me conferiram, a honra de servir o Sporting Clube de Portugal", escreveu Luís Gestas na sua conta pessoal do Facebook.

PUB

O membro do Conselho Diretivo do Sporting refere que "dirigentes partidários" terão oferecido empregos. "Basta de ofertas de dinheiro. Basta de ameaças físicas. Estou farto! Estou cansado!", refere o vogal da direção liderada por Bruno de Carvalho. "Nenhum dinheiro nem nenhum emprego me fará passar a responsabilidade de ter entregue o clube a quem só o quer para proveito financeiro", diz Gestas.

Na publicação, em que apresenta alegadas mensagens recebidas por telefone, Luís Gestas dirige-se a Álvaro Sobrinho, da Holdimo, um dos maiores acionistas do Sporting: "Se o Álvaro quer apropriar-se do clube, que seja por vontade dos sócios, nunca será com a minha demissão".

Se houver mais uma demissão, direção de Bruno de Carvalho cai

O último membro da direção de Bruno de Carvalho a sair do clube foi Bruno Mascarenhas. O pedido de demissão do antigo Vogal foi feito em maio e deixou o Conselho Diretivo a uma demissão de cair.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG