Ciclismo

W52/F. C. Porto fecha grupo com reforço José Neves

W52/F. C. Porto fecha grupo com reforço José Neves

Ciclista de 25 anos, natural de Évora, que corria nos espanhóis do Burgos/BH, assinou contrato por duas temporadas com os dragões.

Está completo o grupo de ciclistas da W52/F. C. Porto para nova temporada, com a chegada de um derradeiro reforço. José Neves regressa à equipa azul e branca, depois de ter competido dois anos na equipa espanhola do Burgos/BH.

O novo corredor dos dragões, de 25 anos, que assinou um compromisso válido por duas temporadas com o conjunto que venceu as últimas 5 edições da Volta a Portugal, mostrou-se satisfeito com "um regresso a casa".

"Sinto que sou agora um ciclista mais completo, aprendi uma forma diferente de correr, e espero continuar a fazer esse processo na W52/FC Porto. Regressar ao ciclismo português não é um passo atrás, mas sim mais etapa da minha carreira", disse José Neves ao JN.

Sobre os objetivos para esta nova temporada, o ciclista alentejano disse querer "ajudar a equipa no que for possível", mostrando-se desejoso que o calendário deste ano "tenha mais provas".

"Vou tentar aproveitar as oportunidades que forem dadas. Se puder integrar a equipa para a Volta a Portugal ficarei muito feliz, se não puder sei que os meus colegas vão fazer o melhor. Depois de um ano tão atípico, em que corremos pouco, gostava de competir com mais regularidade", partilhou.

Além de José Neves, a W52/F. C. Porto assegurou, também, como reforços para 2021 Ricardo Vilela (ex-Burgos/BH) e Joni Brandão (ex-EFAPEL), que se juntam a João Rodrigues, Amaro Antunes, Ricardo Mestre, Samuel Caldeira, Daniel Mestre, Rui Vinhas, José Mendes, Jorge Magalhães e Francisco Campos, que transmitam do ano anterior.

PUB

Equipa faz estágio no Algarve

Com a formação para 2021 completa, a W52/F. C. Porto vai nos próximos dias partir para um estágio de 15 dias, no Algarve, tendo já em vista a participação na Volta ao Algarve.

Adriano Quintanilha, principal responsável pela equipa, pretende já para esta prova que o seu conjunto "esteja na luta por uma boa prestação com as grandes equipas internacionais".

"Sabendo a responsabilidade de ter esta parceria com o F. C. Porto, um clube que está habituado a ganhar, não posso fugir à regra. Temos de ter uma equipa que luta sempre pela vitória, e quando não for possível, que deixe a imagem que tudo fez para a conseguir", disse o responsável.

Adriano Quintanilha vincou que os principais objetivos do ano são "a revalidação dos títulos na Volta a Portugal e Grande Prémio Jornal de Notícias", esclarecendo que o ciclista João Rodrigues será o chefe de fila.

"Os ciclistas quando chegam à nossa equipa sabem que há um líder. Neste momento, é o João Rodrigues, que ainda no ano passado, na Volta a Portugal, trabalhou para um colega que estava melhor. Esta é uma família, onde todos terão oportunidades, e sabem que quem tiver em primeiro terá uma equipa a trabalhar em prol do grupo", concluiu Adriano Quintanilha.

Outras Notícias