Liga dos Campeões

Zenit apurou-se para o "play-off" da Liga dos Campeões

Zenit apurou-se para o "play-off" da Liga dos Campeões

O Zenit, treinado pelo português André Villas-Boas, apurou-se para o "play-off" de acesso à Liga dos Campeões de futebol, ao bater por 3-0 o AEL Limassol, com um dos três golos marcado pelo internacional luso Danny.

A equipa russa, que havia sido derrotada na primeira mão, no Chipre, por 1-0, chegou ao intervalo empatada a zero, mas Rondón (55 minutos), Danny (88) e Kerzahkov (90, de penálti) deram a vitória à equipa que contou também com o português Neto, o brasileiro Hulk e o argentino Garay, reforço contratado ao Benfica este defeso.

O AEL Limassol, com os lusos Cadu e Carlitos a titulares, jogou reduzido a 10 jogadores desde os 27 minutos, altura em que o brasileiro Danielzinho viu o segundo cartão amarelo.

Entre os cipriotas, melhor sorte teve o APOEL, por quem alinharam Mário Sérgio, Tiago Gomes e Nuno Morais, que venceu, por 2-0, e eliminou o HJK de Helsínquia, da Finlândia.

A mais "portuguesa" das equipas em ação, esta quarta-feira, o Dínamo de Zagreb, da Croácia, foi surpreendida em casa pelos dinamarqueses do Aalborg, que venceram por 2-0, dando a volta à derrota por um golo da primeira mão.

O guarda-redes Eduardo, Ivo Pinto, Paulo Machado e Wilson Eduardo foram titulares (Gonçalo Santos foi suplente), mas não conseguiram contrariar os dois golos de Jacobsen, marcados aos 36 e 85 minutos.

Os polacos do Legia, com os portugueses Orlando Sá e Hélio Pinto no banco (este entrou a quatro minutos do fim), venceram no terreno do Celtic, por 2-0, depois do 4-1 em casa, goleando no total da eliminatória (6-1).

PUB

Também os búlgaros do Ludogorets, com Fábio Espinho a partir dos 68 minutos, lograram apurar-se para o "play-off" à custa de um empate a dois golos no terreno do Partizan de Belgrado, aproveitando a vantagem dos golos fora face ao nulo da primeira mão.

Os turcos do Besiktas, por sua vez, bateram os holandeses do Feyenoord (3-1), com três golos do avançado senegalês Demba Ba, contratado no defeso ao Chelsea.

Também passaram à fase seguinte Malmoe (2-0 ao Sparta de Praga), Slovan Bratislava (0-0 no terreno do Sheriff, com Joãozinho titular), Steua de Bucareste, de Fernando Varela (2-1 ao Aktobe), FC Copenhaga (2-0 ao Dnipro, com Bruno Gama) e o Salzburgo (2-0 ao Qarabag).

O provável adversário do F.C. Porto no "play-off" será conhecido na sexta-feira e sairá do quinteto Athletic Bilbau (Espanha), Standard Liège (Bélgica), Besiktas (Turquia), FC Copenhaga (Dinamarca) e Lille (França).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG