Economia

1,2 milhões de trabalhadores são pobres

1,2 milhões de trabalhadores são pobres

A Eurostat conta dois milhões e 693 mil pobres em Portugal em 2010, mais 45 mil do que em 2009. A taxa de pobreza nos empregados por conta de outrem é a terceira maior da União Europeia. E está a subir. A par disto, cresce o desemprego e aumentam impostos.

Cálculos do JN/Dinheiro vivo, com base em dados do Eurostat e do INE, mostram que o número de trabalhadores pobres - que vivem com menos de 434 euros por mês - aumentou quase 12% entre 2009 e 2010. São mais 124 mil casos que engrossam este contingente total de 1,2 milhões de empregados pobres.

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG