Empresas

Alexandre Fonseca é o novo presidente executivo da PT

Alexandre Fonseca é o novo presidente executivo da PT

Alexandre Fonseca assume a partir desta terça-feira e "com efeito imediato" as funções de presidente executivo da Portugal Telecom (PT), substituindo Claudia Goya, que passará a presidente não executiva ('chairwoman') da empresa de telecomunicações da Altice em Portugal.

Em comunicado hoje emitido, a Altice dá ainda conta de que Paulo Neves, que era presidente do Conselho de Administração ('chairman') da PT, cessa funções.

Para o antigo lugar de Alexandre Fonseca, enquanto responsável da área tecnológica, irá Luís Alveirinho, "até aqui diretor de Engenharia e Operações de Rede" e que conta com "mais de três décadas ao serviço" do grupo.

A Altice refere que a nomeação de Alexandre Fonseca está "de acordo com a reorganização do grupo recentemente anunciada, com uma nova estrutura de gestão e modelo de 'governance'".

Além disso, a empresa francesa defende também que esta opção reforça os "compromissos oportunamente assumidos com Portugal, em particular, a clara e inequívoca aposta na aquisição da Media Capital", um processo em que se "aguarda, serenamente, as decisões dos reguladores competentes".

Com quase 10 anos de experiência no grupo Altice, Alexandre Fonseca, de 43 anos, foi presidente executivo da ONI Portugal e da ONI Moçambique e assumiu também responsabilidades na direção de tecnologia e sistemas de informação na Cabovisão.

Entre 1995 e 2007, exerceu funções nas áreas de Sistemas de Informação e Tecnologias da Informação, telecomunicações e gestão estratégica de negócios, e desempenhou também funções de consultoria nos setores de viagens e turismo em Portugal e no estrangeiro.

Em julho, grupo Altice anunciou que Claudia Goya passava a ser a nova presidente executiva da PT, substituindo Paulo Neves e assumindo o cargo imediatamente, tendo Paulo Neves passado para 'chairman'.

A nomeação de Alexandre Fonseca, anunciada hoje, surge depois de na segunda-feira a imprensa ter noticiado que Claudia Goya tinha sido demitida quatro meses após ter assumido funções, tendo fonte oficial negado posteriormente esta informação.

"Não comentamos rumores e negamos que Claudia Goya esteja de saída da empresa", disse na altura fonte oficial da PT.

A francesa Altice comprou a PT Portugal há dois anos, depois do acordo para a compra da Media Capital, dona da TVI, à espanhola Prisa, anunciado em 14 de julho.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG