Economia

ASAE conclui que Pingo Doce vendeu produtos abaixo do preço de custo

ASAE conclui que Pingo Doce vendeu produtos abaixo do preço de custo

A ASAE terá chegado à conclusão que o Pingo Doce vendeu produtos abaixo do preço de custo na campanha de 50% de desconto do dia 1 de maio. Produtos como uísque, óleo e arroz terão sido vendidos de forma ilegal.

A informação avançada pela Antena 1 dá conta que o auto de notícia em que estão listadas as infrações da cadeia de supermercados deverá seguir, esta sexta-feira, para a Autoridade da Concorrência. Estas não serão, no entanto, as únicas infrações detetadas, revela a rádio pública.

A ASAE analisou faturas referentes a vendas feitas no dia 1 de Maio e terá chegado à conclusão que há dezenas de produtos que foram vendidos a preço de custo. A infração poderá valer uma multa de 30 mil euros à Jerónimo Martins.

António Nunes, inspetor-geral da ASAE, revelou à Agência Lusa que está a ser recolhida informação para aferir se houve ou não irregularidades na campanha de 50% de desconto para compras superiores a 100 euros.

Nunes garantiu que a investigação estará concluída até ao início da próxima semana.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG