Segurança Social

Aumento extra chega a 283 mil pensionistas

Aumento extra chega a 283 mil pensionistas

O número de pensões da Segurança Social com direito a atualização extraordinária dá este ano um salto de 18%, com mais cerca de 283 mil pensões abrangidas.

O bónus chega a perto de 1,9 milhões de pensões abaixo do mínimo de existência de 658,22 euros, segundo informações prestadas pela Segurança Social ao JN/Dinheiro Vivo.

O número de beneficiários com pensões mais baixas representa, em 2020, mais de metade do universo português (3,6 milhões), incluindo a Caixa Geral de Aposentações, e quase dois terços das pensões atribuídas só pela Segurança Social (2,9 milhões).

São estas a pensões que em abril receberão o aumento extra de até seis ou 10 euros. Ao contrário do que aconteceu no último ano (que chegou em janeiro), este reforço adicional deverá chegar no "mês seguinte à entrada em vigor" do Orçamento do Estado (OE) para 2020. Estando pronta a redação final do OE no final deste mês, o presidente da República terá então 20 dias para promulgar o documento.

O grande aumento de beneficiários da atualização extra repõe um nível que se verificou pela última vez em 2017 e que, desde então, tem vindo a cair. No ano passado, só 1,6 milhões de pensões beneficiaram do bónus que completa o necessário até garantir que cada uma das prestações abaixo do mínimo de existência sobe pelo menos dez euros. Ou seis euros no caso de pensões atualizadas durante a crise.

Segundo a Segurança Social, a fraqueza dos preços ao longo do último ano será responsável pela grande subida deste ano no número de abrangidos pela atualização extraordinária. A inflação, que ficou em 0,24%, é um dos fatores no cálculo daquela que é a atualização automática das pensões mais baixas. O outro é o PIB, que este ano somou 0,5 pontos percentuais aos aumentos destas pensões. Juntos, garantiram 0,7% de aumento regular, ao qual se somará o extraordinário.

Por exemplo, quase no limite da elegibilidade, uma pensão de 650 euros vai receber 5,5 euros extra, depois de ter tido uma atualização regular de 4,5 euros.

Já em 2019, a subida automática dos pensionistas a ganhar até ao mínimo de existência foi de 1,6%. Percentagem que já assegurava dez euros às pensões a partir dos 625 euros. Para estas, já não houve aumento extra, diminuindo os beneficiários do bónus orçamental.

5,80 euros

Uma pensão de 600 euros subirá 5,80 euros em abril, uma vez que já subiu 4,2 euros (10 euros no total).

53%

É a percentagem de pensões abaixo do mínimo de existência num universo de cerca de 3,6 milhões.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG