SCUT

Autarcas criticam taxas mas elogiam isenções

Autarcas criticam taxas mas elogiam isenções

Os autarcas dividem-se entre aqueles que fazem uma crítica cerrada ao Governo pelo facto de introduzir portagens nas SCUT  e aqueles, independentemente de serem contra ou a favor do princípio do utilizador-pagador, consideram positivos os critérios para isenções e descontos.

Em comunicado ontem divulgado, a Câmara de Viana do Castelo alude à introdução de portagens na via rápida que liga o Alto Minho ao Porto (A28) como "injusta e lesiva" para a região, afiançando, mesmo, o Executivo liderado por José Maria Costa (PS) que a medida "será prejudicial" para o dinamismo empresarial. Apesar disso, o edil regista, "com agrado", o facto de o Governo contemplar medidas de discriminação positiva. Reacção semelhante quanto à discriminação positiva teve Ribau Esteves, presidente da comunidade intermunicipal da região de Aveiro, apelando à construção de alternativas com apoio do Governo e de fundos comunitários.

Alberto Santos, autarca de Penafiel e presidente da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, considera que a entrada em vigor de portagens, no próximo dia 15 de Outubro, apenas nas SCUT do Norte, vem mostrar que há portugueses de primeira e portugueses de segunda. "Lamentamos este calvário de decisões e recuos, até se chegar a esta decisão", frisa Alberto Santos.

Numa primeira reacção, Mário de Almeida, presidente da Câmara de Vila do Conde, reafirma-se "contra" a introdução de portagens nas SCUT, que, diz, afectará famílias e empresas do concelho e contribuirá para o aumento do desemprego. São contudo "bem-vindas" as isenções nas viagens dentro do concelho e entre Vila do Conde e a Póvoa e as novas isenções/descontos na A28 e na A41/A42.

Já Macedo Vieira vê as medidas anunciadas como "inevitáveis", face às dificuldades do país e da Estradas de Portugal. "Se o pagamento for para todos, concordo. A única discordância que manifesto é que devia ser ao mesmo tempo para todas as SCUT, disse o presidente da Câmara da Póvoa do Varzim.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG