PROCURA UMA EMPRESA?

PESQUISE POR NOME, NIF OU MARCA, GRATUITAMENTE!

Relatórios de todas as empresas portuguesas

Economia

Banca: Governo dos EUA assume controlo do Freddie Mac e da Fannie Mae

Banca: Governo dos EUA assume controlo do Freddie Mac e da Fannie Mae

O governo norte-americano assumiu o controlo das sociedades de crédito imobiliário Fannie Mae e Freddie Mac, que se encontram à beira da falência, devido à crise do 'subprime'.

Citado pela agência AP, o secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Henry Paulson, afirmou hoje que a administração Bush decidiu intervir para impedir o colapso dos dois colossos do crédito imobiliário, cujas consequências seriam catastróficas.

A intervenção estatal poderá custar milhares de milhões de dólares aos contribuintes norte-americanos, mas o custo de uma falência de uma destas sociedades seria ainda mais pesado, garantiu Paulson.

"A Fannie Mae e o Freddie Mac têm uma dimensão tal que a falência de um deles causaria uma enorme turbulência nos mercados financeiros, tanto nos Estados Unidos como no estrangeiro", afirmou o responsável, numa intervenção televisiva.

"A falência [de uma das instituições] afectaria a capacidade dos americanos de obter créditos à habitação, empréstimos automóveis e crédito ao consumo", acrescentou Paulson.

As duas empresas, que são os principais pilares do mercado de crédito imobiliário norte-americano, foram colocadas sob tutela governamental, a cargo da Federal House Finance Agency. Ambas registaram fortes prejuízos com a crise do mercado de crédito imobiliário de alto risco ('subprime'), que rebentou em Agosto do ano passado e cujas consequências continuam a fazer-se sentir em todo o mundo.

As respectivas administrações vão ser substituidas: Herb Allison, antigo vice-presidente da Merrill Lynch, vai liderar a Fannie Mae. Para a liderança do Freedie Mac foi escolhido David Moffet, antigo vice-presidente do US Bancorp.