O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Bancos contam ajudar milhares de clientes no fim das moratórias

Bancos contam ajudar milhares de clientes no fim das moratórias

Avaliação feita em agosto nos principais bancos identificou cerca de 2800 clientes que precisam de ajuda para cumprir.

Em outubro, voltam as prestações dos créditos suspensos ao abrigo das moratórias criadas no âmbito da pandemia, mas os principais bancos portugueses estão confiantes de que a maioria dos devedores irá cumprir. Na Caixa Geral de Depósitos (CGD), "mais de duas mil pessoas pediram para reestruturar créditos"; no Novo Banco cerca de 540 clientes pediram ajuda; e no BCP cerca de 290 estavam em dificuldades. O BPI e o Santander não avançam números, mas também dizem crer que apenas uma baixa percentagem de clientes terá dificuldades em retomar as prestações .

"O final das moratórias afetará muitas empresas e particulares - no caso da CGD mais de 2000 pessoas pediram para restruturar os seus créditos", revelou o presidente da Comissão Executiva da CGD. "Em termos macroeconómicos, diria, não se espera que o fim das moratórias cause um problema nos bancos, como estava dito, ou cause um problema enorme", disse Paulo Macedo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG