Economia

Barroso diz que desemprego é um problema no conjunto da Europa

Barroso diz que desemprego é um problema no conjunto da Europa

O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, observou em Bruxelas que a taxa de desemprego aumentou no conjunto da União Europeia, escusando-se a comentar especificamente os números divulgados esta quinta-feira pelo Eurostat relativamente a Portugal.

"O desemprego subiu na Europa no seu conjunto", limitou-se a responder, quando questionado sobre a subida da taxa de desemprego em Portugal para os 14,8%, em janeiro, que coloca o país a par da Irlanda no terceiro posto dos Estados-membros com taxas mais elevadas, apenas atrás de Espanha e Grécia.

Durão Barroso, que falava no final do primeiro dia de trabalhos de uma cimeira de chefes de Estado e de Governo que decorre até sexta-feira em Bruxelas, comentara antes que já no anterior Conselho apresentou, pela parte do executivo comunitário, "algumas medidas concretas para lutar contra o desemprego, especialmente dos jovens".

"Estão em curso essas medidas, estão a ser preparadas por oito dos governos mais afetados, incluindo em Portugal", apontou.

Na cimeira de Bruxelas participa o primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, que hoje não prestou declarações aos jornalistas, sendo esperada para sexta-feira, na conferência de imprensa no final da cimeira, uma reação aos números do desemprego em Portugal.

Esses números levaram hoje o Presidente da República, Cavaco Silva, a comentar que "algumas previsões que foram apresentadas assustam qualquer pessoa".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG