Moeda virtual

Bitcoin cai 30% depois de recorde de quase 17 mil euros

Bitcoin cai 30% depois de recorde de quase 17 mil euros

O preço da bitcoin baixou para menos de 11 mil euros na manhã desta sexta-feira, depois de um recorde de quase 17 mil euros no domingo.

Esta é uma descida de 18% desde o último deslize e mais de 30% após o marco histórico de quase 17 mil euros, na semana passada.

A Bitcoin Cash, uma moeda digital rival, chegou à Coinbase, uma das mais populares plataformas de negociação de criptomoeda, mas também sofreu uma grande descida: cerca de 2140 euros por moeda, após uma rápida subida de mais de 50% - quatro mil euros por "token", nesta quarta-feira.

A Bitcoin conseguiu recuperar algumas das suas perdas em várias horas, negociando cerca de 12 mil euros a partir das 9.44 horas.

Nas últimas 24 horas, as criptomoedas perderam cerca de 150 mil milhões de euros em capitalização de mercado. Antes do descida nesta quinta-feira, o mercado monetário digital valia quase 550 mil milhões de euros, depois, quase 400 mil milhões.

Apenas seis das 100 melhores criptomoedas listadas no site CoinMarketCap foram negociadas num território positivo na manhã de sexta-feira.

Apesar das quedas de quinta e sexta-feira, as cinco maiores moedas virtuais por capitalização de mercado viram um aumento notável este ano.

O que é um "token"?

Os "tokens" diferem-se das criptomoedas (moedas virtuais que funcionam como um meio de troca que utiliza a tecnologia de "blockchain" e a criptografia para assegurar a validade das transações e a criação de novas unidades da moeda), porque são criados para serem distribuídos a pessoas, com promessas de valerem algo no futuro. As criptomoedas podem ser moedas como dólares ou euros, já os "tokens" seriam as ações de uma empresa, que se adquirem na esperança de valorizarem com o tempo.