Economia

Cavaco "não deixará de encontrar razões" para pedir fiscalização do Orçamento

Cavaco "não deixará de encontrar razões" para pedir fiscalização do Orçamento

O Bloco de Esquerda disse esta quarta-feira estar certo de que o presidente da República, Cavaco Silva, "não deixará de encontrar razões" para pedir a fiscalização preventiva do Orçamento do Estado para 2014, apresentado na terça-feira pelo Governo.

"Estamos certos que, face à gravidade do que está em causa, o Presidente da República não deixará de encontrar razões acrescidas para garantir a fiscalização preventiva desta lei. É o que se espera de quem jurou defender a Constituição", declarou a deputada bloquista Mariana Mortágua numa declaração política na Assembleia da República.

A proposta de OE, declarou Mortágua, "viola a Constituição e o Governo é o primeiro a sabê-lo".

"A direita decidiu afrontar a lei para responsabilizar uma Constituição, que desde há muito quer alterar, pelo brutal falhanço da sua estratégia económica", disse.

O OE para 2014, sustentou ainda a deputada do Bloco, "é uma afronta ao Tribunal Constitucional", até porque o executivo liderado por Pedro Passos Coelho "teima em afrontar a lei que garante o contrato social, o suporte de 40 anos de democracia em Portugal".

Outros Artigos Recomendados