Exclusivo

CGTP defende aumento geral de 90 euros para 2022

CGTP defende aumento geral de 90 euros para 2022

O JN falou com Isabel Camarinha, secretária-geral da CGTP.

Qual o principal mote para o protesto de hoje?

O descontentamento profundo dos trabalhadores de todos os setores da Administração Pública que veem a sua qualidade de vida ser posta em causa há anos. E agora, com o brutal aumento de preços e da inflação, sentem que o seu trabalho não é valorizado. Vamos para 13 anos sem uma verdadeira valorização salarial. O problema é transversal, coloca-se na Administração Pública e no privado. No primeiro caso, por falta de negociação do Governo e, no segundo, por bloqueio da contratação coletiva.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG