China

China confia na "sabedoria e capacidade" da União Europeia

China confia na "sabedoria e capacidade" da União Europeia

A China manifestou, esta segunda-feira, confiança na "sabedoria e capacidade" da União Europeia para ultrapassar a actual crise e reafirmou a disposição de "alargar a cooperação" com os 27 "em termos de investimento, finanças e comércio".

"Acreditamos que as dificuldades da União Europeia são temporárias e que os países europeus serão capazes de dar as mãos para enfrentar a crise financeira", disse a porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês, Jiang Yu.

Questionada sobre as reuniões dos líderes europeus em Bruxelas, no domingo passado e na próxima quarta-feira, Jiang Yu disse que a China espera que os países membros "alcancem uma solução global, tomem medidas efectivas para aliviar a crise financeira, parem o contágio (da crise) e levantem a confiança dos mercados".

"Acreditamos que a União Europeia tem a sabedoria e a capacidade para ultrapassar as dificuldades", acrescentou.

A porta-voz reafirmou que "a China está pronta a trabalhar com a UE para alargar a cooperação" e "apoia os esforços dos países europeus para enfrentar a crise".

A União Europeia é o maior comercial da China. Devido às reuniões dos líderes europeus em Bruxelas, a cimeira anual China-União Europeia, prevista para terça-feira foi adiada.

Entretanto, a Alta Representante da União Europeia para a Política Externa e de Segurança, Catherine Ashton, chegou a Pequim hoje de manhã (hora local), para uma visita de dois dias destinada a "sublinhar a importância das relações" sino-europeias e "intensificar a cooperação".

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG