Aviação

Christine Ourmières-Widener pode ser a próxima presidente da TAP

Christine Ourmières-Widener pode ser a próxima presidente da TAP

Os nomes para a próxima administração da TAP têm que estar escolhidos até ao próximo dia 10, antes da assembleia-geral da empresa (dia 24 de junho), e Christine Ourmières-Widener poderá ser a próxima presidente executiva da companhia aérea.

A gestora francesa tem já experiência com uma companhia de aviação e no setor de transportes e infraestruturas, mas é também tida como especialista em processos de transformação e reestruturação. A informação sobre a escolha é avançada pelo "Eco".

Christine Ourmières-Widener foi CEO do Flybe Group, uma companhia aérea regional europeia, que foi entretanto vendida e que deverá voltar a operar ainda este ano, mas passou ainda pela Air France/KLM.

O Ministério das Infraestruturas não comentou a possível decisão. O ministro Pedro Nuno Santos já tinha admitido que a escolha passaria por um gestor internacional.

O ministro pretende que a Comissão Europeia aprove o plano de reestruturação da empresa antes da assembleia-geral, plano esse que prevê uma injeção de até 3,75 mil milhões de euros, valor que já conta com os 1200 milhões do ano passado e outros mil milhões para este ano.

O próximo Conselho de Administração deverá manter os nomes de Miguel Frasquilho e Ramiro Sequeira e contará com um elemento escolhido pelos trabalhadores.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG