Economia

Comissão Europeia aprova Programa Norte 2020 que gere 3,4 mil milhões de euros

Comissão Europeia aprova Programa Norte 2020 que gere 3,4 mil milhões de euros

A Comissão Europeia aprovou o Programa Operacional Regional do Norte 2014-2020 ("Norte 2020"), o instrumento financeiro de apoio ao desenvolvimento desta região.

Gerido pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDRN), este programa aplicará durante os próximos anos 3,4 mil milhões de euros de verbas comunitárias, integrando o Acordo de Parceria "Portugal 2020" e o atual ciclo de fundos estruturais da União Europeia destinados a Portugal.

O presidente da CCDRN, Emídio Gomes, será o responsável pela comissão diretiva do Norte 2020, depois de ter sido hoje empossado em Lisboa, pelo ministro Poiares Maduro, numa cerimónia em que esteve presente a comissária Europeia para a Política Regional, Corina Cretu.

Segundo a CCDRN, "a aplicação regional do 'Norte 2020' tem em conta diferentes prioridades identificadas aquando do planeamento do programa, no qual participaram atores regionais e locais. Quase metade do valor (1,26 mil milhões de euros) dirige-se à competitividade de micro e pequenas empresas da região, com projetos de internacionalização, inovação e investigação. Cerca de 403 milhões de euros destinam-se a iniciativas públicas de investigação, desenvolvimento tecnológico e inovação, e 385 milhões de euros serão aplicados no sistema urbano".

Há ainda, refere aquela comissão, verbas alocadas aos domínios educação e aprendizagem ao longo da vida, qualidade ambiental, economia de baixo teor de carbono, inclusão social e pobreza, emprego e mobilidade dos trabalhadores, capacitação institucional e tecnologias de informação e comunicação.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG