Economia

Comissão Europeia "toma nota" do novo valor do défice mas aguarda validação do Eurostat

Comissão Europeia "toma nota" do novo valor do défice mas aguarda validação do Eurostat

A Comissão Europeia "toma nota" do novo valor de défice orçamental português para 2010, de 8,6%, anunciado hoje pelo Instituto Nacional de Estatística, mas aguarda a notificação do Eurostat para se pronunciar, disse, quinta-feira, um porta-voz.

Em declarações à agência Lusa, Amadeu Altafaj Tardio, porta-voz do comissário dos Assuntos Económicos, disse que o executivo comunitário "toma nota" do novo valor de défice para 2010 quinta-feira publicado pelo INE -- que revê em alta de 1,8 pontos percentuais aquele anteriormente anunciado, de 6,8% -- mas apontou que a Comissão aguarda agora pela notificação do gabinete oficial de estatísticas da UE, Eurostat, agendada para 26 de abril.

O mesmo porta-voz indicou que, até lá, o Eurostat vai verificar se as contas cumprem todas as normas europeias, designadamente a "nota de orientação" divulgada há duas semanas a explicar aos institutos nacionais de estatística como devem ser classificados os "activos problemáticos" detidos por entidades públicas.

PUB

O INE explicou hoje que a revisão em alta do défice para 2010 se deveu à incorporação nas contas nacionais das imparidades com o Banco Português de Negócios (BPN), que acrescentam um ponto percentual ao défice de 2010, 0,5 pontos percentuais provenientes das empresas de transporte e 0,3 pontos percentuais relativas ao Banco Privado Português (BPP).

A nova metodologia aplicada em diversos países leva assim no caso de Portugal a uma revisão do défice inicialmente previsto em 6,8% para os 8,6% hoje divulgados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG