Orçamento do Estado e impostos

Conferedação pede alargamento da redução do IRS a famílias monoparentais

Conferedação pede alargamento da redução do IRS a famílias monoparentais

A Confederação Nacional das Associações de Família defendeu, esta quinta-feira, a redução do IRS para as famílias monoparentais, reclamando o alargamento deste benefício proposto pelo PSD para as famílias numerosas a estes 350 mil agregados.

"Se olharmos para o espetro do nosso país a grande maioria das nossas famílias são monoparentais.[...] E, num momento tão difícil, achamos que este benefício deve ser alargado para que um maior número de famílias que passam dificuldades possam usufruir", disse à agência Lusa Hugo Oliveira, da direção nacional da Confederação Nacional das Associações de Família (CNAF).

O PSD anunciou a 8 de outubro a apresentação de três diplomas para a concessão de "pequenos incentivos fiscais" a famílias com mais de dois filhos, incluindo um projeto de resolução que recomenda ao Governo a alteração do código do IRS que permita aliviar a carga fiscal das famílias com mais de três dependentes.

Neste projeto de resolução, o PSD sugere ainda que se reforcem as deduções à coleta das despesas de educação, nos agregados com mais de três dependentes.

É ainda recomendado ao executivo o alargamento da natureza das atividades extracurriculares dos dependentes dedutíveis em sede de IRS e que a sua dedutibilidade passe da Classificação das Actividades Económicas Portuguesas por Ramos de Atividade (CAE) em que os prestadores de serviços de inserem.

Congratulando-se com a iniciativa destinada às famílias numerosas, a CNAF lamenta, no entanto, que o projeto social-democrata deixe de fora as famílias monoparentais. "Neste momento tão especial não faz sentido deixar de fora as famílias monoparentais", sublinhou Hugo Oliveira.

A CNAF lembra que os dados mais recentes revelam que as famílias monoparentais em Portugal são já 350 mil, na maioria constituídas por mãe com 1 ou 2 filhos, e que a tendência é de crescimento.

Por isso, a CNAF defende "o alargamento do abaixamento do IRS às famílias monoparentais" e promete defender a medida "junto dos diversos grupos parlamentares e principais câmaras municipais".

Outras Notícias