Exclusivo Edição Impressa

Consumo de sardinha cai 63% em cinco anos

Consumo de sardinha cai 63% em cinco anos

Consumo da espécie popular caiu 63% em cinco anos e quase metade é importada, sobretudo, de Espanha. As vendas ao exterior, pelo contrário, crescem.

As estatísticas não enganam: os portugueses estão a comer menos sardinha e metade é importada. Entre 2012 e 2017, o consumo caiu 63%, 10% só no último ano. A quota nacional é cada vez mais magra, as importações estão em queda, mas, ainda assim, representam quase 50%, e as exportações estão a subir, impulsionadas, sobretudo, pelas conservas e pelos congelados. Os pescadores criticam as restrições tão apertadas à captura e garantem que há sardinha no mar. Os portugueses habituaram-se à escassez e aos preços "proibitivos" e, simplesmente, mudaram os hábitos alimentares.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui

Outras Notícias