Premium

Cortes nas portagens adiados para 2021

Cortes nas portagens adiados para 2021

Regime foi simplificado e passou a incluir a A41, mas descontos continuarão a ser maiores para os utentes regulares. Finanças fazem contas ao novo modelo.

Os cortes nas portagens das autoestradas que servem sobretudo territórios do Interior e de baixa densidade só serão implementados no próximo ano. O modelo de descontos progressivos, anunciado em fevereiro pelo Governo, foi simplificado e juntou a A41 ao grupo das vias contempladas. Passam a ser oito autoestradas, mas as reduções de preço não serão iguais em todo o território.

Neste momento, o Ministério das Finanças está a avaliar o impacto da medida, à luz da crise económica desencadeada pela pandemia de covid-19. O Governo prepara a introdução de descontos em oito autoestradas: A28 (Porto-Viana), A41 (Circular Regional Exterior do Porto), A4 (Porto-Vila Real), A24 (Viseu-Chaves), A25 (Aveiro-Viseu), A23 (Castelo Branco-Covilhã), A13 (Coimbra-Torres Novas) e A22 (Via do Infante, no Algarve).

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG