Economia

Cosmética feita à base de sal dá cartas no mercado

Cosmética feita à base de sal dá cartas no mercado

Os produtos de cosmética feitos à base de sal e de algas da ria de Aveiro têm sido tão procurados que até já abriu uma fábrica do ramo. Agora, a próxima etapa é apostar na exportação.

Que o sal não é apenas utilizado para temperar alimentos já toda a gente sabia. O que muitos desconheciam é que aquela matéria-prima, extraída na própria cidade de Aveiro, de forma artesanal, das marinhas da ria, podia servir para fabricar produtos de cosmética. Há cremes hidratantes, exfoliantes e sais de banho, entre outros produtos. E nasceu uma empresa, a Beleza do Sal, que está em fase final de certificação dos seus produtos, para possibilitar que o negócio continue a crescer.

Eduardo Oliveira, um ex--emigrante em França, foi o primeiro a chegar a Aveiro, há alguns anos, com a novidade. Criou e desenvolveu uma série de produtos naturais - entre os quais aftershave e bronzeador - feitos à base de sal. No entanto, recentemente, um acidente vascular cerebral de que foi vítima afastou-o do pequeno negócio, entregando a produção e a comercialização dos produtos a um amigo.

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG