Exclusivo

Costa inaugura Linha do Minho mais rápida mas com renovação incompleta

Costa inaugura Linha do Minho mais rápida mas com renovação incompleta

Os comboios elétricos começam a circular a partir deste domingo na Linha do Minho. Com automotoras no serviço regional ou locomotivas e carruagens no inter-regional e intercidades, os utentes poderão viajar mais depressa, com mais conforto e menos poluição entre Porto e Valença. Ficam a faltar sinais modernos à linha ferroviária mais a norte. A (meia) obra será inaugurada amanhã por António Costa.

O primeiro-ministro chegará a Valença no novo comboio inter-regional diário entre Coimbra-B e a fronteira, que terá partida uma vez por dia, às 7.25 horas. O chefe de Governo apenas subirá a bordo em Viana do Castelo às 10.37 horas. A chegada a Valença será às 11.16 horas, segundo o horário da CP.

Este e os outros inter-regionais - entre Porto e Valença - serão efetuados com uma das nove locomotivas 2600 recuperadas nas oficinas de Contumil, 65 mil euros por unidade. Encostadas quase uma década, elas vão rebocar, para já, carruagens Corail, usualmente de reserva para o Intercidades.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG