CP

CP adia salários de Dezembro devido à grave situação financeira

CP adia salários de Dezembro devido à grave situação financeira

A CP vai adiar o pagamento dos salários de Dezembro, normalmente feito com uma semana de antecedência, mas o Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Sector Ferroviário desvalorizou a situação, considerando que se está criar um "clima de dramatização".

Num comunicado enviado aos trabalhadores, a empresa justifica a impossibilidade de pagar os vencimentos no dia 23 de Dezembro, como tem sido prática nos últimos anos, com a grave situação financeira da empresa e "insuficiências momentâneas de tesouraria, bem como a inadiável necessidade de satisfação das suas obrigações vencidas perante o Fisco, a Segurança Social e os Fornecedores".

O conselho de administração da CP acrescenta ainda que espera fazer o pagamento no último dia útil do mês de Dezembro, como acontece nos restantes meses.

O coordenador-nacional do Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Sector Ferroviário (STSF), José Manuel OIliveira, disse à agência Lusa que não há nenhuma perspectiva de haver salários em atraso, verificando-se apenas uma não antecipação do salário que costuma ser pago na sexta-feira antes do Natal.

O dirigente do STSF adiantou que esta situação já aconteceu noutros anos "porque não foi possível" antecipar o pagamento e considerou que se "está a criar um clima de dramatização".

José Manuel Oliveira admite qe a CP está a atravessar "alguns problemas", mas sublinhou que não há indícios de que os salários não sejam pagos no último dia útil de Dezembro.

Em declarações anteriores à Lusa, a porta-voz da CP, Ana Portela, já tinha alertado para esta possibilidade devido à concretização da greve dos maquinistas.

"Estão em causa, já para Dezembro, questões como o pagamento de salários, o pagamento a fornecedores e até o cumprimento de obrigações legais, como IRS ou Segurança Social, que são cumpridas através das receitas de bilheteira", que a empresa afirma que são afectadas pelas greves, disse à Lusa a porta-voz da transportadora ferroviária.

O pré-aviso de greve do Sindicato dos Maquinistas abrange os dias 23, 24, 25 de Dezembro e 1 de Janeiro, bem como as horas extraordinárias até ao final do próximo mês.